Dolar vai a R$ 4,35

A frustração com os dados de vendas no varejo de dezembro serviu de combustível adicional para a escalada do dólar, levando a moeda americana a anotar uma nova máxima histórica, aos R$ 4,35. Além de ampliar as dúvidas sobre o ritmo de crescimento da economia, a decepção com os resultados do comércio varejista reacende o debate

sobre juros ainda mais baixos no Brasil, o que só eleva a pressão no mercado de câmbio.





Gatilho do movimento, as vendas no varejo restrito recuaram 0,1% em dezembro ante novembro, contrariando a mediana das estimativas dos analistas consultados pelo Valor Data, que era de alta de 0,2%. Já as vendas no varejo ampliado caíram 0,8% no período, num resultado ainda pior que a expectativa, de queda de 0,2%. O dado se soma a uma sequência de indicadores negativos divulgados desde o início do ano que reforçam temores de que a retomada da economia brasileira ainda é vacilante. Com isso, voltam ao radar as apostas de novos cortes na Selic ainda este ano, mesmo com a sinalização dada pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central de que a interrupção no ciclo de afrouxamento é adequada.

Veja a Matéria completa em: https://valor.globo.com/financas/noticia/2020/02/13/dolar-vai-a-r-435-apos-frustracao-com-varejo.ghtml


1 visualização
Envie sua Mensagem

Celular: ( 61 ) 98324-2223

E.Mail: ctn@agrocapitais.com.br